Notícias

Assistência 24h: 0800 605 4381  2ª via de boleto     Trabalhe conosco  Cartão de crédito  Clube de Vantagens

Portuguese English Spanish

Pesquisar no site

Você já ouviu falar em sistema antiesmagamento em janelas de automóveis? O dispositivo diminui o risco de que os ocupantes de um veículo de fiquem com a mão ou braço presos entre o vidro e a estrutura da janela quando ele sobe. De acordo com matéria do portal Radar Nacional, o Projeto de Lei 5124/09, que torna esse item obrigatório para janelas com acionamento elétrico, foi aprovado pela Câmara dos Deputados e seguiu para votação no Senado. A justificativa da redação, que altera o Código de Trânsito Brasileiro, é que o movimento dos vidros elétricos não para automaticamente se alguma coisa interrompe a sua trajetória e isso pode causar acidentes, principalmente com crianças e bebês. Em alguns casos, o dispositivo, além de impedir que o vidro continue subindo ao encontrar resistência, ainda o faz recuar alguns centímetros aumentando a segurança do automóvel. Fonte: http://www.viverseguronotransito.com.br/
O recall – em português “chamar de volta” ou “chamamento” – é um procedimento que ocorre quando o fabricante identifica uma falha no produto vendido, que pode representar um risco à saúde, à integridade ou à segurança do usuário. No Brasil, esse processo é regulamentado pelo Código de Defesa do Consumidor, que determina que a empresa responsável pelo item deve comunicar os consumidores por meio de contato direto e/ou imprensa e realizar a troca ou reparo do defeito gratuitamente. No momento do recall, o fabricante é obrigado a entregar ao usuário um documento que comprove que ele compareceu, com detalhes do serviço realizado. É importante atender a esse chamado o quanto antes, principalmente no caso de veículos, para garantir a segurança do condutor e demais passageiros que utilizam aquele automóvel. No site do Denatran, é possível consultar se há algum procedimento de recall pelas montadoras. Fique atento a notícias nos…
Uma pesquisa da Confederação Nacional de Transporte (CNT) analisou as condições das principais estradas do Brasil e chegou à conclusão de que a Região Sudeste é a que possui o maior número de vias consideradas boas ou ótimas. As melhores rodovias pertencem à inciativa privada e dos trechos rodoviários que mais aparecem entre os dez melhores, em dez anos de avaliações, nove ficam em São Paulo. Mas, de acordo com matéria publicada no site Radar Nacional, a Confederação Nacional da Indústria (CNI) aponta que as rodovias do Sudeste são as mais saturadas. Essas são vias importantes para o escoamento da produção e, de acordo com a entidade, precisam de obras de ampliação para acompanhar o crescimento do fluxo de cargas. Um exemplo é o Rodoanel (SP-270), em São Paulo. A saturação da via chega a 284% nos horários de maior movimento. O mesmo ocorre com a BR-040 (Duque de Caxias),…
Segunda, 09 Novembro 2015 12:51

ESTE CARRO JÁ FOI BATIDO?' DESCUBRA AS PISTAS

Especialista em mecânica dá dicas para saber se houve danos maiores.Repintura e troca de peças como para-choque deixam 'rastros'. Vai comprar um carro usado? Dá para confiar no "olhômetro"? O Guia Prático desta quinta-feira (9) dá as dicas para você saber se um carro já foi batido e se é o caso de suspeitar de comprometimento estrutural. Repintura e troca de peças como para-choque, por exemplo, costumam deixar "rastros": o especialista em mecânica e colunista do G1, Denis Marum, explica como identificá-los.O Guia Prático é uma série de vídeos do G1 que reúne dicas de especialistas sobre mecânica, compra e venda, condução, segurança e tecnologia para carros e motos. A publicação é às terças e quintas-feiras. Clique aqui
Pagina 4 de 5

Mais lidas

Onde estamos

Rua Joaquim Pereira, 500
Santa Branca - Belo Horizonte-MG
Atendimento: 4007 2382 / 4007 2381
Assistência 24 horas: 0800 605 4381

NEWSLETTER

Cadastre-se em nossa Newsletter e receba novidades por e-mail.